Seguidores

Páginas

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A inteligência dos seres...

Quando eu estava no 3º ano do segundo grau minha turma ganhou uma excursão de "presente". Faixa etária da galera em torno dos 17 anos - hormônios de sobra e aquela imensa vontade de fazer 18 anos, se embriagar sem medo de ser feliz, se entupir de tatuagens e piercings, mas que fica só na vontade.
Bom, a viagem foi planejada, não tinha porque dar errado, íamos sair por volta das 3/4:00 hs da manhã e voltaríamos 0:00 hora...
Fomos, pra um lugar chamado Catas Altas - MG - muito bom, era o dia do festival do vinho, engraçado mandar uma turma de adolescentes de 17 anos para um festival de vinhos... Fomos primeiro ao parque do Caraça, depois fomos ao local onde seria o festival, e quando chegamos lá, por volta das 15:00 hs, os professores responsáveis disseram que 18:00 hs voltaríamos. Pooooooooow o combinado não era esse, as barracas nem montadas não estavam ainda [Não pensem besteira crianças], o sol estava matando, foi então que me sentei no chão mesmo, e fiquei lá, o plano era ficar ali até que venha as 18:00 hs... Umas meninas tinham implorado pra voltarem mais cedo pra casa [Pra que aquelas demonias foram afinal?], e essas mesmas meninas sentaram perto de mim, eu estava com uma paciência do tamanho de uma ervilha, continuei quieto.
Passa um tempo, vejo uma mulher com um caderninho e parando com um monte de gente, imaginei - "deve estar entrevistando o povo, tomara que não venha me perguntar nada"- e realmente, ela foi nessa minha colega de turma que tava do meu lado e disse:
-Boa tarde, estamos fazendo uma pesquisa sobre o festival do vinho que acontece todo ano e gostaríamos de saber algumas coisas!
Menina: Tudo bem!
Mulher do caderninho: Vocês são Turistas?
Menina da turma: Não não, estamos só à passeio!
Eu: Ah, num ouvi uma coisa dessas não! [E saí]

Claro que depois contei pra todo mundo e isso foi motivo de zuação por muito tempo...
Mas foi até bom eu sair, depois daquilo eu e mais algumas pessoas encontramos com o prefeito que tinha cedido o ônibus e a Van [Kombi, nem sei como se escreve, é tão pobre], e o prefeito deu permissão para voltarmos 0:00 hora, como combinado! Alguns não gostaram, azar o deles, não estava ali para trazer paz mesmo!
Foi muito bom, bebi o que pude, show do Zé Geraldo... Hora de voltar pra casa.

Outro sorteio, pra saber quem voltaria na Kombi, foi até engraçado, meu nome tava lá de propósito, acho que já tinham selecionado os que voltariam naquilo. Não reclamei, só na hora, mas o motorista foi tão inteligente que conseguiu se perder! Fomos chegar em casa muito tempo depois do pessoal do ônibus, e ainda ouço um cara da minha sala falando: -Ohh fulana, olha aquela placa [Na placa estava "Sta. Bárbara"], o que significa Istá Barbára? [A pronúncia dele foi essa]
Depois disso, só dormindo e esperando chegar em casa mesmo...


Conclusão: Curta cada momento de suas viagens, mesmo que seja algo que você não queira, pode-se ganhar ótimas histórias assim!
Saudade da turma!
Flw pra vocês, estou postando dia sim, dia não, amanhã é o dia do não... ai que bom, livre de vocês!

4 comentários:

  1. Elle até q éh Inteligentee neh.....ashuashu zuandooo Thiildeeen..Adoreiiiiii ;p

    ResponderExcluir
  2. Inteligente pra caramba... hehee Vlw Amanda! Se precisar de ajuda prometo não zuar...

    ResponderExcluir
  3. parabens cara
    escreveu kombi certo
    XD

    ResponderExcluir
  4. O Thilden
    vooc esqeceu de uns pedaço aii tah
    pode conta hitoria todaa
    kkkkkkkkkkkkkkkkk
    tbm vim de Kombi ¬¬'
    kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Entrem no Travian, se realmente entrarem, que seja por aqui -> http://www.travian.com.br/?uc=brx_2091
É legal.